Uma nova pesquisa revelou sombrias previsões sobre o futuro da humanidade na Terra. De acordo com uma série de simulações por computador realizadas por pesquisadores da Universidade de Bristol, no futuro distante, o planeta enfrentará uma extinção em massa que eliminará todos os mamíferos, incluindo os humanos.

Os cientistas explicam que as temperaturas extremas e a umidade descontrolada serão as principais causas dessa extinção. Espera-se que as temperaturas cheguem a atingir entre 40 e 50 graus Celsius, o que dificultará a capacidade dos mamíferos, incluindo os humanos, de regular a sua temperatura corporal. Sem a capacidade de se refrescar através da transpiração, os corpos dos mamíferos serão incapazes de suportar as altas temperaturas.

O estudo propõe que a formação de um supercontinente no futuro trará condições climáticas extremas que colocarão em perigo a sobrevivência da maioria das espécies. A fusão dos atuais continentes do mundo resultará em erupções vulcânicas mais frequentes, liberando grandes quantidades de dióxido de carbono na atmosfera e aumentando ainda mais a temperatura global.

De acordo com os pesquisadores, a mudança climática causada pelas emissões humanas de gases de efeito estufa também é uma parte importante dessa equação. Eles afirmam que é crucial tomar medidas para reduzir as emissões e alcançar emissões líquidas zero o mais rápido possível.

Em resumo, o estudo mostra que em 250 milhões de anos, a formação de um supercontinente, combinada com mudanças climáticas extremas e altos níveis de dióxido de carbono, levarão a uma extinção em massa de mamíferos, incluindo os seres humanos. É importante conscientizar-nos da nossa atual crise climática e tomar medidas para prevenir um futuro devastador para a nossa espécie e outras.

Fontes:
– Alexander Farnsworth, Y. Eunice Lo, Paul J. Valdes, Jonathan R. Buzan, Benjamin J. W. Mills, Andrew S. Merdith, Christopher R. Scotese, Hannah R. Wakeford. Climate extremes likely to drive land mammal extinction during next supercontinent assembly. Nature Geoscience, 2023; DOI: 10.1038/s41561-023-01259-3
– Spalding, C., & Hull, P. (2021). Towards quantifying the mass extinction debt of the Anthropocene. Proceedings of the Royal Society B, 288. https://doi.org/10.1098/rspb.2020.2332.
– Song, H., Kemp, D., Tian, L., Chu, D., Song, H., & Dai, X. (2021). Thresholds of temperature change for mass extinctions. Nature Communications, 12. https://doi.org/10.1038/s41467-021-25019-2.